Par髊uia S鉶 Cristov鉶 de Primavera do Leste - MT

Qual o seu horrio de missa preferido na Matriz Imaculada?

08:00 horas
17:00 horas
19:00 horas
Você está em: Página Inicial / Santo do Dia / So Orestes
Tamanho da Fonte A- A+

So Orestes

Orestes um nome de origem rude, de trgica lembrana, e muito divulgado no mundo cristo. Rude porque significa "homem da montanha". De lembrana trgica porque, segundo a literatura grega, era filho de Agamnon, a quem vingou a morte ao matar a esposa adltera, a prpria me. E divulgado entre os cristos porque o nome de um mrtir da f.
No livro dos santos da Igreja, s encontramos um com este nome. Dele sabemos, com certeza, que no final da Antiguidade era venerado como um mrtir no dia de sua morte: 9 de novembro. E que alguns mosteiros importantes foram dedicados a ele, como o da Capadcia, no sculo IV.
Mais tarde, soube-se da participao de um monge do mosteiro de santo Orestes no segundo Conclio de Nicia, onde saram condenados os hereges iconoclastas, isto , os cristos que destruam as pinturas e objetos sagrados.
Provavelmente, esse monge era do Mosteiro da Capadcia, onde as relquias mortais do mrtir Orestes estavam guardadas. Como a sepultura estava sob a construo, os dados de santo Orestes nunca foram encontrados e ningum soube ao certo a sua origem.
A tradio relata sua vida comeando pelo ponto culminante: a morte pelo testemunho da f. A f crist sempre foi marcada, ao longo dos sculos, pelos sacrifcios de seus seguidores, iniciados com a crucificao pela Paixo de Jesus Cristo. Orestes foi mais um desses mrtires, provavelmente morrendo na ltima perseguio aos cristos decretada pelos romanos.
Temos uma narrao milenar vinda da Capadcia que nos coloca Orestes como um mdico acusado de incitar o povo contra a idolatria. Um mdico, de fato, pode exercer muita influncia sobre o nimo dos doentes, que esto necessitados de ajuda material, mas que tambm precisam de conforto espiritual. Denunciado como cristo e pregador da nova f, Orestes no negou.
Durante o julgamento pblico, ele clamou que o cu lhe concedesse um prodgio capaz de cair sobre o povo, que queria trair a verdade do cristianismo. Imediatamente, foi atendido. Orestes, apenas com um sopro, fez as esttuas dos dolos voarem como folhas mortas e as colunas do templo carem, como se fossem de fios de palha. Foi condenado morte.
Mas antes foi torturado com pregos e arrastado por um cavalo. No final, com o cadver desfigurado, foi atirado num rio, que devolveu seu corpo refeito e coberto com uma magnfica tnica. Foi assim que as relquias do mrtir chegaram naquele antigo local, onde existiu o famoso mosteiro de santo Orestes, na Capadcia, atual Turquia.

Santos de Outros dias

© Parquia So Cristovo . Todos os diretos reservados.